Carregando

Quem somos

A Windeo Brasil é uma empresa orgulhosamente brasileira que, através da experiência de seus fundadores no mercado internacional, trouxe da Europa as soluções mais modernas e completas em autoprodução de energia através de fontes renováveis. O know‐how adquirido por nossos fundadores como ex executivos da empresa e conquista pela liderança no mercado europeu de micro geração ‐ com mais de 3.000 torres eólicas em operação e mais de 40 MW de painéis solares fotovoltaicos instalados. Juntamente com a visão de todo o potencial do Brasil ‐ um dos países com o índice de radiação solar e potencial eólico mais altos do mundo, fizeram da Windeo Brasil uma referência no mercado.

Economia

A energia gerada é mais barata do que a fornecida pela distribuidora local

Previsibilidade

Ao gerar a própria energia, a sua empresa torna-se imune aos aumentos tarifários

Financiamento

Buscamos a solução financeira que melhor se adapta às suas condições

Nosso Propósito

Temos como propósito tornar as fontes de energias renováveis acessíveis à todos através do desenvolvimento de soluções completas e uma consultoria personalizada. Com foco na qualidade dos produtos e serviços oferecidos, trabalhamos de forma pioneira e arrojada, desbravando e contribuindo para o desenvolvimento de um mercado ainda incipiente, mas muito promissor como o mercado brasileiro, fazendo com que os gastos crescentes com energia deixem de ser algo sem controle e se transformem em um custo fixo, planejado e lucrativo. Para isso, nosso objetivo é proporcionar autonomia e planejamento energético‐financeiro, desenvolvendo a solução que melhor atenda a cada cliente, visando potencializar ao máximo seu investimento e agregando valor ao negócio, contribuindo assim para um desenvolvimento mais consciente e sustentável de toda a sociedade.

Como funciona

Sistema fotovoltaico conectado a rede

1

2

3

4

1

A radiação solar é convertida em energia elétrica.

2

Durante o dia, a energia produzida é consumida pelos aparelhos elétricos no local.

3

Se a produção de energia for maior do que o consumo, o excesso é injetado na rede, gerando créditos que podem ser utilizados em outros momentos (à noite, por exemplo).

4

Quando a geração for insuficiente, a energia elétrica é fornecida automaticamente pela distribuidora.

Autoconsumo

É o tipo mais comum de instalação. O sistema fotovoltaico é instalado na mesma unidade consumidora que irá usufruir da energia gerada. Caso o sistema gere mais energia que o consumido, são gerados créditos a serem descontados de contas futuras.

Autoconsumo remoto

Caso você seja proprietário de duas ou mais unidades consumidoras, é possível ter uma única geração (p. ex. na Matriz) e o excedente ser compensado nas outras unidades (p. ex. nas filiais). A única exigência é que estas unidades consumidoras sejam atendidas pela mesma distribuidora de energia.

Geração compartilhada

É possível também ter uma única geração centralizada com o excedente dos créditos sendo descontados em outras unidades consumidoras de diferentes proprietários (pessoas físicas e/ou jurídicas diferentes). Para isto, basta a formação de um consórcio ou cooperativa para a definição dos proprietários de todas as unidades consumidoras de um único sistema de geração.

Condomínios

Empreendimentos com múltiplas unidades consumidoras possuem uma regra especial, que dispensa a necessidade de formação de consórcio ou cooperativa. Neste modelo, o sistema poderá estar conectado a um único medidor, e 100% da energia gerada poderá ser rateada entre os condôminos

Soluções Turn-key

Projeto Personalizado

Pré-dimensionamento

Coletaremos seus dados de consumo e faremos um pré-dimensionamento gratuito

Proposta preliminar

Enviaremos uma proposta para atender as suas necessidades

Projeto de Engenharia

Visitaremos o local e elaboraremos um projeto de engenharia sob medida

Instalação

Forneceremos os equipamentos e realizaremos sua instalação fotovoltaica

Vistoria

A distribuidora local realizará uma vistoria e instalará o medidor bidirecional

Comissionamento

Pronto! Você gerará a própria energia e monitorará a produção de forma on-line

Dúvidas Frequentes

O prazo poderá variar caso a caso, porém o módulo 3 do PRODIST define um prazo máximo para as concessionárias atenderem à Solicitação de Acesso (a ser enviada pela empresa contratada após elaboração do projeto completo). O prazo para instalação de sistemas de microgeração (com até 75kWp de potência instalada) é de no máximo 34 dias, não incluindo o tempo necessário às eventuais adequações por parte do consumidor. Já para sistemas de minigeração (de até 5MWp), esse prazo passa a ser de 49 dias, caso não haja
necessidade de obras de melhoria ou reforço no sistema de distribuição.

Não. O sistema adotado no Brasil é o de compensação energética, sendo vetada a venda da energia gerada.

Neste caso, o excedente é calculado como crédito e poderá ser descontado em contas futuras, ao longo de 5 anos. Isto é, caso a geração de algum dos meses seguintes seja menor que o consumo, os créditos pendentes serão utilizados para compensação.

Não é possível zerar a conta de energia, mas pode-se pagar um valor mínimo.

Como a instalação ainda estará conectada à rede da concessionária, será necessário pagar uma espécie de "assinatura" por ter esta infraestrutura disponível. Esta assinatura, denominada “custo de disponibilidade” ou “demanda contratada”, será cobrada mesmo que a geração seja maior que o consumo. Dessa forma, o sistema poderá ser dimensionado para o consumo médio anual menos este custo mensal, que se dá da seguinte forma:

* Consumidores do grupo B (baixa tensão) pagam no mínimo: 100 kWh (entrada trifásica); 50 kWh (entrada bifásica); e 30kWh (entrada monofásica).

* Consumidores do grupo A (média tensão) pagam no mínimo a Demanda contratada.

Administrativo: (11) 3104-9028

Comercial: (11) 3101-6498


contato@windeo.com.br


Siga-nos